quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Notícias de Kamille


Passando rapidinho enquanto Kamille cochila para postar notícias sobre ela.

Esses últimos dias tem sido de uma agonia tremenda para nós (família de Kamille). Ultimamente Kamille vinha sentindo muitas cólicas e chorava o dia inteiro, mal conseguia se alimentar e dormir. Segundo a pediatra e muitas mamães isso é normal até os 3 meses, não é? Fiquei calma em relação a isso.
Na última consulta na pediatra comentei com ela que Kamille havia vomitado 2 vezes e sempre gofava depois das mamadas. Ela me disse que era normal, mas que passaria um remédio para acalmar o estômago dela. Compramos o remédio na sexta (28) e na mesma noite começamos a dar. Ela passou a noite bem. No sábado bem cedo ela acordou e mamou muito. Ela sempre foi esfomeada, mas de mamar de pouquinho em pouquinho. Depois de dar 2 arrotões e de brincar um pouco (eu tava até estranhando que ela não estava reclamando de cólicas) ela adormeceu. Coloquei-a no carrinho e fui escovar os dentes, lavar o rosto e preparar algo para comer. Nesse meio tempo ela acordou e Alan a pegou no colo e ficou brincando com ela, até que ele grita por mim e quando vejo minha filha está paralisada, com os olhos aboticados e lacrimejando, tremendo e ficando toda roxa. A pior cena que já vi na vida. Me tremi toda, comecei a chorar... fiquei louca. Lembrei de um relato que li numa comunidade que participo "Bebês de dezembro de 2010", imaginei que fosse um engasgo e a chupei, primeiro pela boca, depois pelo nariz. Percebi que ela tornava, mas como parei para falar com o médico do Samu pelo telefone (enquanto tudo acontecia, eu tentava ligar para o Samu e Alan com ela no colo) ela voltou a ficar roxa. O médico foi me acalmando e me dando todas as orientações enquanto a ambulância não chegava. Minha filha foi tornando, tornando até que voltou a ficar branquinha. Chorou muito e logo calou e adormeceu nos meus braços.
Logo que o médico desligou a ambulância chegou, mas já encontrou Kamille dormindo em meus braços como se nada tivesse acontecido. Relatei o que havia ocorrido. Kamille ainda estava muito pálida. A técnica em enfermagem da Samu me disse que provavelmente seria um entalo por causa do refluxo, mas o que eu estava relatando também poderia ser uma convulsão de ausência, por isso ela achava melhor ir para o hospital. Não cortei conversa. Do jeito que eu tava (shortinho curto, camiseta velha e pé no chinelo [porque Alan me deu]) fomos direto pro hospital. Lá a pediatra de plantão a examinou, falou da possibilidade de ser uma convulsão de ausência e sugeriu a internação de Kamille para fazer os exames e saber o que realmente havia acontecido.
Logo em seguida a pediatra de Kamille chegou e me tranquilizou. A tadinha da minha filha foi furada três vezes para coletar sangue. Foi necessário a presença de um neuropediatra para fazer uma avaliação mais detalhada (esse nunca apareceu. Tava viajando e segundo o que comentam, só tem ele especialista aqui em CG). Kamille ia ficar 24 horas internada, mas a pediatra dela nos liberou às 22h pelo fato de os exames dela terem dado tudo normal, descartando a ideia de convulsão [graças à Deus!]. Descartando essa possibilidade, foi adotada a hipótese inicial: Kamille está com problemas de refluxo! Uma das coisas que eu mais temia.
Travesseiro anti-refluxo
Ela está tendo que dormir com um travesseiro anti-refluxo, que ela odeia e continua a tomar o medicamento. Assim que toma o remédio, em que passar pelo menos 30 minutos sem mamar e, como ela é muito gulosa e come de poquinho em pouquinho, sempre sofre querendo o peito e eu sem poder dar. Uma tortura! Depois das mamadas esperar o(s) arroto(s) como habitualmente, mas passar de 40 minutos a 1h com ela em pezinha, para não correr o risco de ter refluxo. 
A pediatra pediu para marcar uma consulta com uma gastro, especialista em pediatria, para medir o teor da acidez do refluxo de Kamille e assim saber o grau de gravidade do problema. Só conseguimos consulta para o dia 17 e até lá é esperar e tomar os devidos cuidados. Graças à Deus ela não deu mais trabalho em relação a isso. Gofa algumas vezes só, o normal! 
Mas o que acontece é que as imagens daquele dia sofrido ficaram na cabeça e eu não durmo mais, só "pastorando" o sono de Kamille. Tô cansada, estressada, com sono, fadiga, dores de cabeça e nas costas, crises de choro que não passam nunca. Todo mundo me recriminando porque estou nervosa e que isso passa pra Kamille. Já tentei me acalmar ao máximo, tomei suco de maracujá até dizer chega e até chá (que eu odeio) eu já tomei. Agora estou mais calma, mas ainda assustada.

Ahhhhh já ia esquecendo de comentar: passei a dar complemento a Kamille com o Nan Pro 1, pois meu leite não estava dando vencimento da fome dela. Pois além dela passar o dia pendurada no meu peito, ela não matava a fome. Cansei de niná-la para dormir e a barriguinha dela estar roncando. Tenho muuuuuuuuito leite, mas Kamille sua de tanto puxá-lo e não se saciar. Resolv complementar desde terça (01) à noite e vi melhoras de 90% em Kamille. Ela agora mal chora, não teve mais cólicas e tá dormindo direitinho. Não me arrependo. Continuo dando o peito e não vou parar, pois, como falei, tenho muuuuuito leite. Então resolvi: voar doar ao banco de leite do ISEA. Meu GO disse que eles vêm buscar em casa. Acho que ainda hoje ligo para lá, pois ainda ontem joguei quase 1 copo (americano) de leite fora, isso apenas de um peito que estava pedrado de tanto leite e estava me dando dor de cabeça.

Bem, acho que por enquanto é isso o que posso deixar registrado.
Até tenho mais novidades, mas isso é assunto para outro post.
Kamille, nesse momento, esta dormindo no bebê conforto, pois ela também fica com a cabeça inclinada. Eu também tô precisando tirar meu sono acumulado, mas meu marido voltou a trabalhar ontem (ele tava de férias desde o nascimento de Kamille) e quando ele não está em casa eu nã tenho coragem de dormir, por isso estou na net.
E é isso.
Depois volto com mais novidades.
Obrigada à todos que se preocuparam com Kamille. Jesus abençoe todos nós!

2 comentários:

  1. Nossa Mona, que susto!! Mas graças a Deus deu tdo certo.
    bjos

    ResponderExcluir
  2. Amiga, que sufoco, mas graças a Deus não passou de um susto e a pequena kamille está bem, espero de coração que vc se recupere maezinha, faça uma oração qndo colocar kamille pra dormir, peça a Deus que os anjos dele cuidem dela enquanto vc tira seus cochilos (só consigo dormir assim). Quanto aos cuidados com o refluxo tb estou tendo, cansa, mas para o bem estar deles fazemos tudo nao eh?! Todo nosso trabalho eh recompensado ao ve-los seguros e felizes e essa eh nossa missão, força Mona, fomos escolhidas pra sermos mãe e daremos conta direitinho do recado amiga, um grande beijo meu e do Pedro, qq coisa estamos aqui!!

    ResponderExcluir

Eu e Kamille vamos adorar seu recadinho!!