segunda-feira, 25 de abril de 2011

Páscoa: viagem, 4º mesversário / Vacinas e reações.

Mais uma (primeira) data comemorativa que Kamille passa, uma das mais tristes e lindas, a morte e a ressurreição de Cristo: a Páscoa! E como não poderia deixar de ser, comemoramos [esses pais nem gostam de uma farra! hehehe]!
Na quinta cedinho pegamos a estrada rumo à Jacumã, praia que fica no litoral sul da Paraíba. (A mesma que fomos no carnaval e a mesma para a qual vamos quase sempre que vamos à praia). Ao chegar lá o clima tava meio nublado, o sol meio que envergonhado de aparecer. Saímos para almoçar, mas logo voltamos. Passamos o resto da tarde no apartamente, mas à noite veio o sofrimento: dormir tava difícil. Nunca vi tanta muriçoca juntas. Se bobeássemos juntava 4, uma pegava em cada membro, e nos levava embora. Que horror! Por sorte, minha e de Kamille, Alan havia levado um mosquiteiro. Colocou na cama e dormimos bem. Que sorte!
Na sexta Kamille acordou excessivamente cedo, parece até que sabia que estávamos fora de casa. Aproveitamos o ensejo e a levamos para a praia. Foi lindo quando ela viu o mar pela primeira vez. Ficou extasiada, séria, admirada... não parava de olhar. Tiramos algumas fotinhas, brincamos um pouco, mas logo voltamos pro apartamento pra tomar banho, mamar e dormir. Depois disso ainda voltamos para a praia, mas fomos à um bar-restaurante no intuito de almoçar. Não deu trabalho em nada, a moleca. Isso se repetiu no sábado também.
Algumas fotinhas desse momento especial:


E por falar em sábado, dia 23, foi o dia do quarto mesversário de Kamille. infelizmente dessa vez não tava toda a família reunida e não teve oração de vovó Lourdes, mas é claro que mamãe não iria deixar passar em branco. Fomos à padaria e compramos um bolo simples, melei com chocolate e coloquei bolinhas de chocolate por cima. Até que o resultado não ficou tão ruim. Comemoramos: papai, mamãe, Kamille e vovó Maria. Tudo simples, mas feliz!


O domingo amanheceu fechado, sem nuvens no céu. Apenas chuva e mais chuva. Resolvemos vir embora antes do planejado. Mas o bom é que aproveitamos o feriado. Outro desse só Deus sabe quando terá!
Kamille ganhou 2 ovos de Páscoa: um de tia Andréa e outro de vovó Maria, para alegria dos papais aqui, hehehehehe.




Agora falando em vacina... ou benditas para darem trabalho.
Hoje Kamille tomou as do quarto mês: a segunda dosagem da DPT, Anti-Pólio e Rota Vírus. A danada da rota vírus sempre dá reação. Hoje passou dos limites. Kamille chorou até agora a pouco com uma dorzinha de cabeça e o corpo meio quente. Ainda tá abusadinha, mas mais calma. E o pior que a reação tem efeito de 24hs. Tomara que passe logo.

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Feliz Páscoa!!!


Passando aqui para registrar o último post antes do feriadão da Páscoa. Hoje é quarta-fira de trevas, amanhã é quinta-feira santa e dia de Tiradentes e depois vem sexta-feira da Paixão, sábado de Aleluia e, finalmente domingo de Páscoa. Dia de comer muuuuitos chocolates!! Êbaaaa...
Até hoje pela manhã estávamos num impasse se iríamos viajar ou não, até que de meio-dia resolvemos que iremos, sim! Vamos curtir uma praiazinha e espero que o tempo colabore para isso, afinal não pretendo ter mais sustos com Kamille nem tão cedo.
Para quem também vai viajar, alerto que todo cuidade é pouco nas estradas. Dirijam por vocês e pelos outros. E pelo amor de Deus, nada de álcool (mesmo que seja apenas vinho) no volante. Para quem vai ficar em casa, espero que tenham, você e sua família, uma Feliz Páscoa. E que Deus nos permita, à todos, uma reflexão maior do verdadeiro sentido dessa data.
Que o coelhinho da Páscoa nos visite e nos encha das delícias do chocolate (pena que engorda tanro, né?)
Feliz Páscoa, pessoal... e até à volta!

(vou indo arrumar as tralhas... hehehe)

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Cagada no banho!

Hoje cedinho acordamos com Kamille fazendo bagunça. Rindo, esperneando... fazendo grande bagunça. Ficamos na cama até enquanto ela deixou, depois nos levantamos e começamos a agilizar as coisas para ir a mais uma sessão (a última) de fisioterapia). Alan foi quem primeiro levantou e começou a ajeitar o banho de Kamille e depois foi tomar seu banho. Fiz massagens na barriguinha dela, pois durante à noite ela quase não dormiu, com gases. Depois das massagens, brincamos. Kamille acordou mais risonha do que nunca, querendo bagunça.
Coloquei a água quente na banheira, tirei a roupa de Kamille e comecei (como sempre) lavando os cabelos. Quando começo a ensaboar seu corpo escuto um estrondo (kkkkkkkkkkkkkkkk): Kamille soltou um Pumzão e havia feito bolhinhas na água. Começo a rir e a comentar com Alan, até que escuto de novo. Pensei ser mais um Pum, até que uma pasta amarelada, misturando-se à água do banho me fez perceber que não. Kamille estava de costas, e quanto mais eu lavava seu bumbum, mais côcô saía. Até que ficou impossível mantê-la naquela água amarelada, cagada e quase pastosa também. O jeito foi dar seu primeiro banho de chuveiro. Alan ajustou a ducha pra água ficar morninha... e não é que ela gostou da duchinha? Segurou no mangote e não queria soltar mais. Tomamos banho juntas e ela não queria sair. Eu até teria deixado mais tempo se não fosse o tempo frio que amanheceu por aqui. Não quero arriscar, nem exagerar em nada. O fato foi engraçado e inusitado.
Chegamos agora pouco da fisioterapia e a fidioterapeuta já a liberou. Hoje não siu secreção alguma e os espirros são devidos ao tempo frio que a cidade está. Tudo normal. Mais tarde vou ligar para a pediatra para saber se continuo com as nebulizações. Graças à Deus tá tudo voltando ao normal, de novo!

sexta-feira, 15 de abril de 2011

E haja presentes!


Benza Deus, Benza Deus, Benza Deus, 3 vezes!!
Kamille parece que nasceu com uma estrelinha na testa, pois (benza Deus) ela tem uma sorte danada para ganhar presentes, Desde o dia em que nasceu que não para. Essa semana então, foi o auge... uma semana de presentes! 
Tudo começou quinta-feira passada (dia 7) quando titio Max deu um puf da gatinha Marie, lindo, rosa, com o desenho da Marie estampado no assento. Amamos o presente! No sábado foi a vez de Leandro, que em uma das suas idas à Patos-PB, viu uma bonequinha e lembrou de Kamille. A bonequinha é loirinha, tem a roupinha laranja e está de joelhos e com as mãozinhas juntas, rezando. Ao apertar na barriga, a boneca reza: Anjo da guarda, doce companheiro meu, me proteja de noite e de dia. Proteja meu paaaaaaai, proteja minh mãããããe, proteja meus irmãozinhos, Amém. É a coisa mais linda... e fez sucesso entre toda a família. Na quarta foi a vez de vovó Maria que comprou um casaquinho de tricô rosa que é coisa de outro mundo de tão fofo, além de um pijaminha de flanelinha. Agora que está chegando o inverno, faremos bom proveito do pijaminha. Hoje, para terminar a saga dos presentes (ou não) chega titio Max com mais um presentinho, ou melhor, dois: um brinquinho no formato de uma folhinha, cravejado de três pedrinhas azuis, lindo! Uma uma figuinha para colocar na pulseira e espantar o mau olhado, hehehehe.
Eita menina de sorte, meu Deus!! E eu mais sortuda ainda, por ser mãe dessa princesinha que todos amam.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

A casa dos 3 enfermos.


Não tem jeito, parece que o vírus da doença chegou e se alojou em nossa casa. Graças à Deus estou bem melhor... também, depois das coisas que tomei tinha que ter uma melhora, né? Mas também foi só o que tive, uma melhora e nada mais.
Kamille também está melhor. Hoje teve mais uma sessão de fisioterapia e até a médica comentou a melhora. Saiu menos secreção dessa vez, o que descarta a hipótese dela estar com infecção. É apenas por conta da virose mesmo... essa maldita que agora se alojou no papai, que desde ontem sente dor de cabeça e no corpo... sem falar na garganta que está doente també, querendo inflamar.
Nossa casa agora é A casa dos enfermos. Estamos, os 3, no mesmo barco. Não vejo a hora desses dias passarem, afinal semana que vem é Páscoa, né? Temos que aproveitar [de alguma forma] esse feriadão mara que vem por aí. Espero que estejamos todos bem.
Enquanto isso não acontece, estamos praticamente alojados aqui na casa de vovó Maria, eno periodo em que papai está trabalhando. Estamos indo pra casa só dormir. Vovó tem cuidado bem de nós, fazendo caldinhos pra mamãe, suquinhos pra Kamille... e com esse carinho todo estamos melhorando. Antes do final da semana estaremos bem novamente, em nome de Jesus!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Cof, cof... aaaaaaatchim!


Passando rapidinho para registrar os últimos acontecimentos.
Desde a noite da quinta para a sexta que Kamille sofre tossindo e espirrando. Quando espirra coloca secreção pra fora. Levei na pediatra e ela auscultou o peitinho e constatou secreção. Por ser pequenina, Kamille anda não sabe colocar essa secreçãozinha pra fora. Resultado: temos que fazer sessões de inalação com Berotec e Atrovent, além de fisioterapia para expelir a maldita secreção.
Na primeira sessão, sexta-feira passada, fiquei até feliz, pois não tinha muita secreção interna. A médica puxou com a ajuda de uma sonda ligada à um aparelhinho, mas veio pouquinho e ela até disse que por ela Kamille estava liberada. A não ser que ela piorasse no final de semana. E não deu outra. Devido ao clima chuvoso e frio por aqui, Kamille piorou. O peito chia muito. Quando tosse chega a chorar com a gargantinha doendo, além dessa bendita tosse não deixá-la dormir. Hoje fomos para mais uma sessão e a médica (a mesma) ficou surpresa com a quantidade de secreção que tinha hoje. Ela até nos advertiu ao fato dessa tosse não ser só sintoma da virose, mas de ser uma infecção. Pediu para que se na próxima sessão Kamille continuasse assim, entrasse em contato com a Pediatra. E assim faremos. Bem, Kamille tá toda dengosa, manhosa, querendo colo... e a vida por aqui não está nada fácil, nada mesmo.
Pra completar a situação, desde sábado que estou com uma crise ENOOOOORME de garganta. Tapou tudo por aqui que nem água eu conseguia engolir. Dores de cabeça, no corpo, febre... ai Jesus. Como cuidar bem da minha Kamillezinha desse jeito? Minha sorte é que tenho pessoas maravilhosas ao meu lado: minha mãe, minha sogra, minha cunhada... e meu marido. Graças à Deus.
Por hora é só.
Passei rapidinho enquanto ela tá dormindo... vou aproveitar e me dar o luxo de descansar também. Quando der, volto com amis notícias.

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Resultado do Exame de Urina

Voltando para dar notícias da minha pequena.
Tudo normal, graças à Deus.
Tanto o Sumário de urina, quanto o outro para detectar se havia álguma bactéria.
Conclusão: É realmente uma virose.

Entretanto, desde segunda à noite que Kamille não tem mais nada, nem mesmo a febre apareceu mais. Todavia, a médica pediu para ficar atenta, pois geralmente depois de 5 dias volta ainda mais forte. Tomara que essa febre tenha ido para a caixa bozó e se esqueça o caminho de volta. 
Kamille está mais ativa e brincalhona... a minha Kamille de sempre.
Tomara que assim permaneça... feliz e saudável.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Consulta na Pediatra - Febre!

Ontem, 04 de abril, estava marcada a consulta de rotina de Kamille, entretanto, no domingo ela deu início a uma sequênia de febre que nos fez ficar atordoados. A história toda começou no sábado, que estava fazendo um calorão, então resolvi dar um banho frio em Kamille. Como ela já tinha entrado na piscina antes, não imaginei que ela fosse estranhar, mas a verdade é que ela estranhou, pois a água tava guardada desde de manhã. Não foi a água direto da torneira, pois esta estava pegando fogo. Bem, dei o banho, ela estranhou, chorou um pouquinho e bateu o queixo de frio, mas logo calou e dormiu tranquila. Isso quase todo mundo me julgando (principalmente minha sogra) dizendo que a água tava muito fria, que a menina ia pegar pneumonia, etc. Me estressei logo. Passou.
No domingo tudo normal. À tarde fomos todos ao shopping. Uma tarde agradável. Resolvemos terminar o dia na pizzaria. Lá percebi que Kamille estava um pouco mais quente do que de costume, mas ainda assim achei um pouco normal pelo fato dela estar enrrolada com a manta. Contudo, outra coisa me chamou a atenção: mesmo dormindo em meu colo, ela estava inquieta e meio que gemendo. Imaginei que fosse dor de cabeça. E era.
Ao chegarmos em casa que coloquei o termômetro, a surpresa: 






38,2º







Que susto!
A primeira febre de Kamille e eu não sabia direito o que fazer. de imediato dei as gotinhas de Paracetamol. A febre foi baixando: 37,6º, 36,4º, 36º. Conseguimos cochilar. Lá pras tantas da madrugada a maldita febre voltou e assim foi até amanhecer o dia. Nesses intervalos dei compressa morna, o que fez amenizar, mas nada da febre passar. Assim que amanheceu o dia Alan ligou para a Pediatra. Ela pediu que controlássemos a febre e que a levasse ao consultório. Demos um banhozinho morno e a levamos. Depois que relatei tudo o que havia aconteido ou deixado de acontecer nos últimos dias, e depois e examiná-la dos pés à cabeça, a pediatra disse que provavelmente seria uma virose, uma vez que estava com uma epidemia na cidade, abrangendo idosos, adultos, crianças e bebês. Ela disse que não poderia afirmar com certeza, pois apenas os exames confirmariam. ela pediu um hemograma, Proteína C e Sumário de Urina. Os dois primeiros ficarm prontos ontem mesmo e confirmaram o que a médica disse: Virose! Meu pinguinho de gente está com virose.
A médica então nos disse que o que tem a fazer é apenas controlar a febre e que entre 3 e 5 dias ela ficará boa. Pediu que evitássemos levá-la ao hospital para que la não corra o risco que pegar alguma outra coisa, tendo em vista a imunidade baixa. Assim estamos fazendo e hoje Kamille amanheceu sem febre e assim permanece até agora, graças à Deus!
O resultado de urina deve sair hoje à tarde.

Ahhhhhh e apesar disso, Kamille está se desenvolvendo muito bem, ao contrário do que eu imaginava. O peso está proporcional à altura... e eu pensando que ela estava abaixo do peso... hehehehe.
Os números:

 



62 centímetros.




6,200 kilos.






Cada vez mais fortinha, minha bebê.
Já já essa crise viral vai passar e ela vai voltar a ser minha bebê gostosa e feliz!

sábado, 2 de abril de 2011

Happy 100 days!!


Hoje minha pequena completa 100 dias nesse mundo de meu Deus. Até parece que foi ontem que eu estava toda orgulhosa com meu barrigão pra lá e pra cá, montando o enxoval. Parece que foi ontem que ela nasceu... tantas coisas aconteceram até que esses 100 dias chegassem! Só temos o que comemorar e agradecer à Deus. Eu, principalmente!
O Senhor me concedeu a possibilidade de SER MÃE! Sabem o que é isso? Eu também não sabia até o dia 23 de dezembro, quando conheci minha filha. Foi a partir dessa data que passei a entender aquele sermão que ouvimos quando adolescentes e que preferimos tampar os ouvidos: "Você só vai dar valor a uma mãe quando for mãe também!"
Quando escutava esse sermão achava que minha mãe estava exagerando e tinha certeza de que eu dava o devido valor a ela... mas hoje sei que não. Pois naquela época eu não sabia o que ela tinha passado para ver o meu bem estar... hoje sei! Hoje também sei o que é um amor incondicional, que derruba qualquer barreira para ver alguém feliz... e não há nada mais gratificante do que ver um sorriso rosado e banguela... e saber que aquele sorriso é pra você. =)

Parabéns, filha, por 100 dias de vida em nossas vidas!
Te amamos!