sábado, 30 de julho de 2011

Ganhei um selinho!


Tô feliz! Ganhei meu primeiro selinho para o blog. Foi da minha mais nova amiga virtual, Mayara, do blog "Esperando o nosso bebê...".
Obrigada, Mayara!!

Agora vou fazer outras amigas felizes também! hehehe
Seguindo as regras do selinho...

1 - Falar do blog do qual eu ganhei o selo.
 O blog da Mayara conta suas experiências na tentativa de engravidar. Apesar da angústia de toda "tentante" para engravidar, ela exala esperança e teno certezza que muito em breve ela estará com uma princesinha ou um principezinho nos braços, enchendo-o de amor e carinho. Boa sorte, May!

2 – O que mais gosto no blog dela.
O blog em si já é mais do que lindo. E a cada dia ela nos traz informações bastante relevantes para uma mamãe-tentante. É lindo, colorido... e tenho certeza que será o melhor cantinho para postar as travessuras de um bebê que logo em breve chegará.

3 – Repassar o selo "I love you blog " para 7 blogueiras:
  1. Adriana do Blog: A mamãe da vez
  2. Renata do Blog: Mamãe coruja de primeira viagem
  3. Jullia do Blog: Pedro no comando!
  4. Paty do Blog: "Diário da Nossa Gravidez"
  5. Luh do Blog: Giulia a Bordo
  6. Fabiana do Blog: Uma princesinha chamada Letícia...
  7. Marina do Blog: Marina Maira 

Espero que goste, meninas!
Beijos,
Mona e Mille.


sexta-feira, 29 de julho de 2011

Alergia ao medicamento.

Há mais ou menos 5 dias, venho percebendo umas manchinhas avermelhadas na pele de Kamille. Primeiro abaixo do joelho esquerdo, depois em cima do pé direito e hoje  logo cedo, ao trocá-la, vi mais uma macha, dessa vez na batata da perna esquerda. Confesso que a priori imaginei ser uma picada de muriçosa. Tá bom que  mancha é maior do que o normal, mas quando eu era criança tinha  alérgia grande à qualquer inseto e minha pele ficava como a dela está. Ainda tenho a alergia, mas não fica mais tão "inflamado" no local da picada. Bem, a verdade é que só hoje desconfiei que pudesse ser reação ao remédio que ela está tomando para alergia.

Imagem retirada da internet
Imediatamente peguei a bula e comecei a lê-la de cabo a rabo, até que li algo que me chamou a atenção: que o uso do medicamento poderia apresentar casos raros de anafilaxia e erupções cutâneas. Sem saber o que "djiacho" seria isso, recorri ao bendito google de todas as horas. Descobri então que na liguagem comum, pra mim leiga no assunto, isso significa uma urticária causada por medicamentos alergênicos, igual ao que Kamille está tomando. O nome do medicamento, como já cite em outro post, é o Desalex (Desloratadina): 2ml, 2x ao dia, durante 12 dias. Hoje estamos no 11º dia, mas ainda não o administrei em Kamille, pois costumo fazê-lo à noitinha por indicação médica.

E por falar em médica, lá fui eu ligar para ela para saber como proceder a partir de agora, uma vez que não terminamos o tratamento, e que Kamille apresentou essa reação. Ela questionou: Como um antialérgico pode dar alergia? E eu insisti: Acontece, doutora, que na bula tem que EM CASOS RAROS pode apresentar este sintoma. Então ela achou por bem trocarmos o antialérgico para o Hixizine (2,5 ml, de 12/12hs, até enquanto durar as alergias: a urticária e gripe). Quanto à gripe, depois de uns 5 dias administrando o remédio, até que senti uma melhora dela: quando espirrava, não saía mais tanta secreção. Mas agora voltou tudo... e parece que em dobro. Graças a Deus, nada de febre, mas é sempre bom ficarmos atentos, não é?

Só vou administrar o remédio à noitinha, agora. Tanto por já ter feito 24h da última dose do Desalex, como que fica mais fácil para continuar o tratamento, visto que será de 12/12h. Se cair de madrugada, fica ruim pra Kamille tomar, uma vez que ela estará dormindo! Ahhh... e antes de dar o remédio, vou ler umas 10x a bula para já ficar atenta às possíveis reações.

;*

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Se inveja matasse...

... eu já estaria morta e enterrada!!

A que me refiro?!
- A sorte das mães que conseguem alimentar seus filhotes com qualquer outra comida que não seja apenas o Leite Materno!!

Deixa eu me explicar:
Desde sempre fui e SOU a favor da amamentação. Não necessariamente exclusiva até os 6 meses; e não que aos 6 meses tenha que parar. Na gravidez, todo mundo dizia que era bom comer doces para a produção de leite e como sou amante dos doces, mergulhei de cara e sem culpa, nas guloseimas. Verdade ou não, sei que desde o terceiro dia que Kamille nasceu, tenho leite para dar e vender... No início foi difícil, pois ela ainda não sabia sugar e tinha preguiça, então meios seios chegaram a pedrar e eu tive febre. Agora , 7 meses depois, a produção diminuiu um pouco, mas ainda tenho muito.

Sintetizando... 7 meses se passaram e Kamille continua exclusivamente no LM

Nos primeiros meses, eu dei complemento. Ela pegava meio que sem gosto, mas quando estava com fome dava conta de uma chuquinha cheinha. Hoje não quer saber de NADA. Nem frutas, nem papinhas, nem chás, nem sucos, muito menos leite. Já tentei: similac, aptamil, nan, nestogeno... e até o ninho pro1. Já tentei na mamadeira e na colher. [Ela tem um conjunto de colherzinha rosa que a tia deu, a coisa mais linda, mas que ela não pode nem ver que vai logo travando a boca!]. Já deixei ela com fome e dei pra outra pessoa oferecer a ela... e nada! Nesses últimos dias eu tava fazendo assim, preparava a mamadeira e colocava na cabeceira da cama. De madrugada quando ela pedia o peito, eu colocava a mamadeira. Sei que isso é errado, mas eu presisava/preciso oferecer outras coisas a ela. E quem sabe ela sentindo o gosto, tma gosto! Obtivemos sucesso várias noites, mas há 2 noites que ela não quer nem saber. Não toma nadica de nada... e como sinto a barriguinha dela roncando, fico com pena e dou logo o peito.

Sinceramente não sei mais o que fazer... A alimentação exclusiva do LM não segura ninguém. Não acredito que ainda tenha todas as vitaminas necessárias para o bom desenvolvimento do bebê. Não que Kamille não esteja bem, saudável... Ela está crescendo e engordando normalmente, mas acredito que esteja na hora dela comer outras coisas. Conhecer o sabor de novos alimentos. A única coisa que eu dei e ela gostou foi chocolate. Pode dar um todinho que ela faz a festa... só não faz porque eu não deixo.

Ao comentar sobre a alimentação de Kamille com a pediatra, ela só me disse uma coisa: Não force! Claro que eu não iria forçar uma bebê de 7 meses comer. Mas tô começando a me preocupar. Queria tanto que Kamille comesse outras coisas... que fosse "boa de boca"! Só me resta agora aguardar os benditos dentinhos aparecerem, pra ver no que dá. Não que isso seja o motivo dela não estar comendo, mas procuramos desculpas pra tudo, né?

terça-feira, 26 de julho de 2011

Sorteios: Cheirinho de Bebê e Natura

Oi gente!
O post de hoje será unicamente para divulgar os sorteios que ocorrerão em 2 blogs que eu sigo. São brindes bacanas, que vale a pena participar.
O primeiro é no blog da Fabi, que está sorteando um kit da Cheirinho de Bebê:


 Para participar é bastante fácil, CLIQUE AQUI e leia o post com todas as instruções! É um kit bacana, sem falar que o cheirinho é único. Eu mesma já estou participando e com os dedos cruzados. Hehehehe. Esse sorteio será no dia 10/08.


O segundo sorteio será realizado pelo blog "Esperando meu anjunho chegar", no dia 31/08.
Será sorteado um kit da Natura Mamãe e Bebê, contendo Colônia, shampoo, condicionador e um presentinho surpresa. Só que ATENÇÃO, desse sorteio só podem participar Tentantes ou Gravidinhas, além de outras regrinhas básicas. Então CLICA AQUI e se informa direitinho e concorra a esse super brinde.


********

Tô doida pra realizar um sorteiozinho aqui no blog também, mas ainda estou estudando uma maneira, pois não sei bem como funciona. Se alguém aí souber, me dá uma luz... Fico muito agradecida!!

sábado, 23 de julho de 2011

7 meses!

Como o tempo passa rápido!!
Hoje minha princesa está completando 7 meses... E esse mês foi recheado de descobertas. Tantas coisas novas ela aprendeu, que se eu fosse relatar tudo o post ficaria enorme. Mas,se você tiver curiosidade, é só ir relendo os últimos posts. Pois bem, a novidade dessa semana é que ela aprendeu a fazer careta... (risos). Isso mesmo! Careta! Sabe aquela careta que fazemos quando algo está fedendo? Pois é essa mesmo. É a coisa mais linda. Já tentamos (eu e meu irmão) registrar, seja vídeo ou foto, mas AINDA não conseguimos. É muito fofa! Dá vontade de matá-la de cheiro quando ela faz isso. Ela também está ensaiando um "papai", dizendo "tatai". Meu esposo fica doido, dizendo que é papai o que ela quer dizer. Eu nunca concordo e ficamos aregando com isso... kkkkkkkkkk
Ai gente, é um amor enorme, que só cresce a cada dia mais. É verdade que tem os momentos de impaciência e estresse (como o do último post), mas são coisas normais, comum a qualquer criança, ainda mais nessa fase em que os dentes estão para dar o ar da graça. E por falar nesses, hoje Kamille deu uma mordida no meu seio que eu jurava que algum dentinho tivesse apontado... mas nada. Sei que está perto pela agonia dela...
Quanto ao tempo que passa rápido, exatamente daqui a 5 meses ela fará 1 aninho. Tá mais perto do que longe, literalmente, né? kkkkk. Há algum tempo comecei a planejar a festinha dela, que será um dia lindo, tenho certeza! Se quiser saber mais sobre os detalhes da festinha, visita o eu outro blog "Festinhas da Kamille". Ele tá meio desatualizado, mas como tenho novidades ainda essa semana vou atualizá-lo. Fiquem à vontade para dar sugestões, críticas, elogios e apenas comentar. Eu adoro!! E aqui também! hehehehe

Pois bem, hoje é dia de mesversário de Kamille e dia de comemorar.
Só que dessa vez quem fará o bolinho será eu. Será que vai prestar? (risos). Será algo simples, só o povo de casa mesmo. Eu nem ia fazer mais os bolinhos, por conta de dinheiro mesmo, afinal além dos gastos mensais, ainda tem a festinha de 1 ano dela, né? Já estamos pagando a festa e comprando coisinhas...
Mais tarde venho editar este post e colocar as fotinhas, como de praxe.
 


PARTE EDITADA


Como prometido, estou editando o post para postar algumas fotinhas do 7º mesversário de Kamille. Vou logo adiantando que ela estava super-ultra-mega-power chatinha, por causa dos dentes...  e ainda com sono, pois ela não havia dormido bem durante à tarde. Não quis tirar foto nos braços de ninguém, a não ser no meu, as em alguns momentos ela ainda deu uma risadinha.


Papai e Mamãe orgulhosos da piquerruxa.

Minha mocinha!

Tia Déa, Danillo e Rivaldo.


Vó Lourdes

Vó Maria

Titio Max

Viram o bolo que eu fiz? Bonito eu sei que não ficou, mas ficou gostoso. Digo isso pois foi o que todos disseram. O próximo capricho mais e farei com mais antecedência, pois fazer as coisas de última hora é horrível.

Bem... e assim, mais um mês se passou. Já estamos no 8º mês de vida de Kamille. Passa muito rápido... num piscar de olhos.
Muita saúde pra minha pequena, sempre!






quarta-feira, 20 de julho de 2011

Dentes: matando pra nascer!



Acabo de passar por uma baita crise de choro, agonia e estresse de Kamille. 
Tudo por causa dos dentinhos que estão demorando para nascer e insistem em incomodar. Ela coça a gengiva, fica agoniada, chora, berra, esperneia... não consegue dormir. 

Ontem tivemos consulta de rotina na pediatra. No geral, está tudo bem com minha pequena. Os dentes estão quaaaase despontando, mas até lá haja estresse. Quanto aos pêlos que comentei no post da última consulta, teremos sim que procurar uma endocrinologista infantil e hoje mesmo vou procurar uma. Em relação ao resfriadinho, ela disse que era apenas alergia devido ao tempo frio. Receitou antialérgicos e já estou ministrando-os: Desalex, 1x ao dia durante 12 dias; e Rilan, 1 gota em cada narina 3x ao dia. Se o nariz entupir demais, pode usar sorine ou soro fisiológico durante o dia.

Kamille está pesando 7.450kg e com 66cm.
Crescendo pouco a pouco.
Voltando aos benditos dentinhos. Eles estão estressando demais Kamille. Ela fica impaciente, sem querer mamar... há horas em que ela dá gritinhos... seria dor? Incômodo eu sei que é, mas será que sente dor também?
Como falei, agora a pouco ela teve mais uma dessas crises e o que acalmou foi o Nenê Dente. Massageei bem as gengivas e ela foi se acalmando. Balancei até que ela pegou no sono. Ainda assim está um sono meio que pertubado... Ow dó!
Espero que esse bendito dente dê logo o ar da graça para deixar minha baby em paz, pelo menos por mais alguns dias!

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Ela fala "Mã... mã"!

Estou abismada com a rapidez com que os dias estão se passando...
Parece que foi ontem o dia em que dei a luz à Kamille e agora ela está pra lá de seus 6 meses, super esperta e inteligente, surpreendendo-nos cada dia mais e mais. Esse final de semana foi minha colação de grau. Ela estava super linda, apesar de ainda abusadinha por conta do resfriandinho e da gengiva que não parava de coçar. Não houve Nenê dente que desse jeito. Na sexta até que ela estava mais calminha... A gengiva dela está muito inchada, mas nada de dentinho até agora.
Apesar de todo o abusinho, normal nessa fase, ela tá muito enxirida, mandona e manhosa. Chora quando quer algo e se não dermos abre o berreiro e quando vamos dar ela não quer mais. Quando se surpreende com algo fala "ita", como se quisesse dizer "eita". Diz "dá" quando quer algo e se estica toda pra pegar esse algo. E o mais feliz de tudo: está falando mamãe!! É sim... verdade! No início achei que fosse coisa da minha cabeça, pois meu marido não queria concordar, com ciúme. Mas agora é verdade, SIM! Sempre que me vê ela fala "Mã... mã, Mã... mã!" A coisa mais linda que já vi na vida. Agora todos concordam, pois é bem claro... É muito gostoso escutá-la falando assim... lindo e emocionante!

Espero que em breve ela fale mais e mais coisinhas, para nos deixarmos mais e mais felizes e babões.

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Bebê dodói!



Frio, tempo chuvoso, frio, tempo nublado, frio, vento, frio... e mais e mais frio!!
Com tanto frio assim não poderia terminar e outra: bebê dodói. Ontem à noite Kamille deu trabalho pra dormir. Pensei que fosse apenas manha, engano meu! Tantas horas da madrugada vi que seu peitinho estava chiando e que estava com coriza. Levantei e dei uma nebolização. Ela dormiu mais um pouquinho. Por volta das 5h da manhã ela acordou chorando, percebi que sua cabeça estava quentinha e coloquei o termômetro: 37º. Ainda bem que não tive febre, mas ela não parava de chorar então deduzi que fosse dor de cabeça. Dei o Paracetamol e logo ela adormeceu...
Estou aqui com ela ao meu lado (dormindo nesse momento), tá tão manhosinha... dengosinha.. só quer colo! Tô acabada, cansada... mas só quero vê-la bem e espero que em breve!! Vou cuidar com todo amor do mundo...

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Depois da tempestade...

Depois dos últimos acontecimentos, graças à Deus tá tudo voltando ao normal... à rotina.
Meu irmão tirou os pontos hoje e está tendo uma boa recuperação. Dentro de mais alguns dias termina os medicamentos e já poderá voltar a dirigir, entretanto, nada de fazer muito esforço ainda, afinal o ferimento foi na cabeça, né??
Minhas madrugadas já não são mais em frente ao computador: entreguei e apresentei minha monografia e agora estou relax. Essa semana começa as solenidades da colação:
* quarta (13/07) - aposição da placa;
* quinta (14/07) - culto ecumênico;
* sexta (15/07) - colação de grau.

Sexta, finalmente estarei colada!! hehehe.
O pior é que desde ontem estou com uma baita crise de garganta! Dor no corpo, na cabeça... só não tive febre (ainda bem!). Espero que tudo isso passe logo... 
Por aqui está um frio grande e hoje não parou de chover um segundo sequer.

Kamille passou o dia chatinha. Tô achando que é o côcô que tá dando trabalho de sair.
Falar em côcõ, ela não quer comer nada de colher: nada de papinha, frutinha... nada!
Só quer ser gente grande, pegar com a mão e comer sozinha. Hoje comeu pão e bolo.
Ahhh... e ontem comeu metade de um Batom branco... só nã comeu mais porque não deixei! Mas não quer nem saber de outro leite, nem Mucilom, nem nada! Já estou em busca de um emprego, pois parada não posso ficar... e já pensando como e com quem vou deixá-la. (...)


quarta-feira, 6 de julho de 2011

Uma tristeza e uma alegria!

Vamos de acordo com o acontecimento dos fatos, ou seja, primeiro a tristeza.
Seria tão bom se tivesse sido uma mera tristeza, mas junto com ela veio o susto, o nervosismo, o medo, a raiva... a angústia da injustiça!! Sentimentos orríveis, situação que não desejo que ninguém passe, jamais!!
No último domingo, dia 03 de julho, mais ou menos às 5h da matina, meu irmão saía do Parque do Povo quando, segundo ele, uma pessoa pediu que passasse o celular (um assalto!) e foi logo aplicando-lhe um golpe na nuca (até hoje não se sabe se fo garrafada ou facada). Segundo ele não sentiu dor nem nada, apenas o sanqgue quente espirrando nas costas. Conseguiu andar até a saída da festa até que um carroda políca parou ao seu lado e os policiais lhe acudiram e o levaram para o hospital mais próximo, a Clipsi. Lá, apenas enfaixaram sua cabeça e o mandaram para o Hospital de Trauma.
No Hospital de Trauma, tentaram estancar o sangramento, que era grande. Segundo quem viu, parecia uma mangueira jorrando água. Me marido,a o chegar ao hospital onde ele estava, tentou transferí-lo para um particular, mas foi em vão, O médico estava em uma cirurgia e só quando saísse que podria liberá-lo. Depois de muitos transtornos, o cunhado do meu marido conseguiu pedir a transferência, pois segundo a enfermeira do próprio hospital, se ele demorasse mais um pouco lá, ele morreria, por estar colocando bastante sangue.
Isso foi constatado ao chegar no Hospital Antônio Targino, quando o médico fez uma tomografia e acusou o começo de um traumatismo craniano. Um dos ferimentos havia rompido uma veia na nuca e por isso tanto sangue. Resumindo: meu irmão hoje está vivo por obra e milagre de Deus e nada mais! Levou ponto nos ferimentos, tomou bolsas de sangue, remédios, vitaminas e agora está bem, e em casa. Teve alta hoje de manhã e ficamos mais do que felizes com sua volta. Foi como quando voltei par casa com Kamille nos braços... emocionante!!

Em contradição a toda essa angústia, na segunda feira, dia 04 de julho, era o dia em que estava marcado para a apresentação da minha monografia. Esta bendita que passei meses e meses estudando, noites e mais noites em claro no objetivo de vê-la pronta. Pensei em desistir da minha graduação (só faltava essa bendita monografia) no momento, e depois fazer outro vestbular e reaproveitar as disciplinas pagas... passei tantos desesperos por causa dessa monografia...
Só que Deus me deu forças e semana passada entreguei a versão final e impressa para meu orientador e para a examinadora. Fiz os slides no sábado, até que no domingo aconteceu toda a agonia citada acima. Fiquei louca, desesperada da vida... Pensei em pedir ao meu orientador para adiar para a terça-feira, mas meu marido disse: Peça não. Você já está com tudo pronto e é capaz de superar essa dor. Tente!
E feliz de mim que escutei ele. Eu não disse nada a meu orientador sobre o ocorrido com meu irmão e fui com força e fé. Fiquei calmíssima, não estava me reconhecendo. Apresentei a monografia! A arguidora elogiou meu trabalho, explanou suas considerações, deu suas contribuições, falou da possibilidade de abrangência no mestrado, e no final, não acreditei (e ainda estou sem acreditar) a nota que recebi: 10,0. Isso mesmo, DEZ!! Que felicidade... apesar das tristezas do dia anterior.
Feliz demais...

Corremos para o hospital contar a novidade para meu irmão e minha mãe que queriam tanto estar ao meu lado nesse momento. Sei que não deu, mas pude levar essa felicidade à eles.

Obrigada, Senhor!!

Meus amores me prestigiando num dia tão especial!